ASCARIS TAPEWORM – Como se livrar de vermes intestinais?

publicidade:

Vermes intestinais são parasitas que podem sobreviver apenas porque eles precisam de um organismo hospedeiro (homem ou animal) para se manter vivo e se reproduzir.

A doença é transmitida por infecção e muitas vezes não produz sintomas perceptíveis, mesmo que muitas vezes seja responsável por várias disfunções no organismo. Este artigo discute os perigos mais comuns a eles imputados.

publicidade:

É por não ter sintomas que a infecção por vermes intestinais é a mais perigosa. Muitas vezes, é a causa de deficiências patologias relacionadas. Para sobreviver, os vermes se alimentam dos nutrientes no corpo e prosperam às nossas custas. Eles só podem ser detectados se os sintomas individuais ocorrerem permitindo um diagnóstico precoce da infecção. Neste caso, o tratamento adequado deve ser iniciado rapidamente para libertar o corpo de vermes intestinais e seus ovos. As larvas de certos vermes intestinais podem apresentar em diversos tecidos, criando nódulos inflamatórios, porque eles são tratados pelo sistema imune do corpo, como corpos estranhos. Algumas reações alérgicas podem ser relacionadas com a infecção com vermes intestinais.

publicidade:

Pinworm (Enterobius vermicularis)

Eles estão presentes em todo o mundo. A infecção pinworm afeta principalmente crianças e se espalha em comunidades onde muitas crianças estão presentes, tais como escolas ou creches.

A infecção pode ocorrer facilmente pela ingestão de ovos, o que pode ocorrer em qualquer lugar na proximidade das pessoas infectadas. Você pode encontrar os ovos na superfície da pele sob a unha, em casa, na cama e roupas para crianças e até mesmo na poeira. As larvas de vermes intestinais se desenvolvem no duodeno onde migram para o cólon. Os vermes intestinais adultos tem 1 cm de comprimento, são finos e branco, como uma corda. A fêmea deposita seus ovos nas dobras da pele, especialmente ao redor da borda do ânus. Os ovos são incorporados em uma substância gelatinosa e pegajosa. As crianças desatentas a higiene corem o risco, de modo que os ovos podem facilmente entrar em sua boca e reinfectar. Em casos graves, por vezes, a infecção provoca a perda de peso, nervosismo, irritabilidade e perda de apetite. A complicação da infecção com vermes podem causar apendicite crônica. Já nas meninas, pode causar coceira vaginal e irritação. Dois terços das vítimas de vermes intestinais nem sequer sabem que estão infectados; acontece frequentemente em que agitação exterior, irritabilidade e fadiga, outros sintomas não estão presentes.

Trichuris trichiura

Trichuris trichiura é também um dos vermes intestinais mais comuns, a infecção por este nemátodo é novamente assintomático e, portanto, é muito difícil determinar o número de pessoas infectadas.

Este verme intestinal atinge um comprimento de 3 a 5 cm de comprimento na idade adulta. A infecção por Trichuris trichiura também é transmitida por via oral, quando há a ingestão de bebidas ou alimentos contaminados por partículas. As larvas eclodem no intestino delgado e migram para o intestino grosso. A fêmea adulta põe ovos que são descarregados com as fezes. Eles eclodem em cerca de cinco semanas, uma vez dispersos sobre um piso quente. Como em muitos casos, a contaminação é assintomática porque Trichuris trichiura pode ficar muito tempo invisível. Isso pode levar à colite intestinal e diarreia ou vômito nos casos mais graves. Complicações mais preocupantes pode ocorrer nos trópicos: a contaminação pode ser responsável por diarreia sanguinolenta crônica e gerar anemia.

Lombriga (Ascaris lumbricoides)

A lombriga pode atingir até 25 cm de comprimento. Esta infecção por vermes intestinais também podem muitas vezes não ser diagnosticada porque os seus sintomas mais comuns são fadiga e tosse persistente

Durante uma infecção, os ovos deste tipo de vermes intestinais entram no corpo humano, principalmente com vegetais e frutas não lavadas. As larvas eclodem no intestino delgado e entram na corrente sanguínea imediatamente através da parede intestinal. As larvas eclodidas migram para os pulmões através da corrente sanguínea e causa tosse. Engolindo escarro resultando tosse, lombrigas repassam para o intestino. Os ovos destes vermes deixam o corpo através das fezes. Assim, a fonte mais comum de infecção é a partir de fezes de humanos infectados. Em casos graves, a infecção pode causar lombrigas nodulação inflamatória, normalmente pneumonia. Na maioria dos casos, no entanto, o paciente permanece assintomático, os sintomas permanecem banais e triviais. Os sintomas mais comuns ainda são inchaço, dor abdominal, diarreia, irritação do nariz ou do reto, e outros sintomas alérgicos.

Tênia – tênia (Taenia saginata, Taenia solium)

A tênia também pertence à família de vermes. Difundida no mundo, pode medir até 9 metros de comprimento.

Os dois tipos mais comuns de vermes são vermes de cabeça chata e cabeça de gancho. Estes dois tipos de vermes espalham e entram no corpo humano através do consumo de carne crua ou mal cozida. Os ovos do parasita chato adere às paredes do intestino delgado. Os ovos destes vermes se tornam adultos em três meses e deixam o corpo através das fezes. Em contraste, as larvas da tênia de cabeça de gancho pode passar através da parede intestinal e invadir a corrente sanguínea. Por meio da corrente sanguínea, as larvas destes vermes migram para o cérebro e os músculos onde eles se tornam encistados. Apesar da gravidade da doença, estes vermes intestinais nem sempre causa sintomas e, assim, permanecem despercebidos por muito tempo. Esses vermes encapsulados nos músculos causam dores musculares e uma vez que chegam no cérebro, estes vermes encapsulados podem desencadear crises convulsivas. Vermes encapsulados podem ser detectados por radiografia ou tomografia computadorizada (CT). Um diagnóstico preciso apenas pode ser estabelecido a partir destes exames.

Confira uma colonoscopia para a localização dos vermes

Os tipos de vermes intestinais listados acima são os mais comuns, mas também conheça as espécies de vermes intestinais transmitidas por animais e outras espécies menos comuns.

Prevenção e tratamento de infecções por vermes intestinais

O risco de infecção causada por vermes intestinais existem, apesar de estarmos muito atentos. No entanto, com um cuidado especial podemos reduzir as chances de ser infectado.

Em termos de prevenção, é fundamental agir de acordo com as normas de higiene rigorosas. Nossas crianças devem aprender e colocar essas regras em prática o mais rápido possível. É essencial lavar as mãos após usar o banheiro devido ao fato de que a maioria dos vermes se espalham deste modo.

publicidade:

Se vermes ou outros parasitas já estivem dentro do corpo, a prevenção não é suficiente. Os vermes devem ser destruídos. Esta é a única maneira de se livrar de parasitas. A limpeza intestinal completa é necessária e um programa de limpar o interior pode ajudar de forma clara. Este tratamento inclui tomar as cápsulas Parasitas. Cápsulas Parasitas destroem 100% dos parasitas naturalmente e permitem a remoção de todos os diferentes tipos de vermes intestinais e seus ovos do corpo.

Deixe uma resposta