Mãe inventa sequestro após entregar bebê para casal do RJ

publicidade:

A Polícia Civil informou, em coletiva de imprensa nesta segunda-feira (25), que a mãe de um bebê que desapareceu em Belo Horizonte no último sábado (23) inventou que o filho teria sido roubado. Segundo o delegado do Departamento de Operações Especiais (Deoesp) Wanderson Gomes, Renata Soares, de 19 anos, teria entregado espontaneamente o filho de dois meses a um casal do Rio de Janeiro, com quem a criança foi localizada.

As investigações apontam que o pai, Johney Lima Santos Nulhia, não teria envolvimento com o caso. No início da noite, ele deixou o Deoesp, em um carro da polícia, para buscar o filho na capital fluminense. Ele afirmou que, apesar de estar feliz por a polícia ter localizado o bebê, ainda não está conseguindo entender e acreditar no que aconteceu. “Só se eles me provarem que ela tem problema de cabeça. Porque eu continuo acreditando que ela não tem nada a ver com isso”, disse.

publicidade:

O pai acionou a polícia para denunciar que a criança teria sido levada dos braços da mãe neste sábado, versão negada pela polícia. No falso relato, Renata Soares contou que saiu de casa em Contagem, na Região Metropolitana, por volta das 11h30 para ir ao centro da capital mineira. Perto da rodoviária, Renata, com o bebê, teria sido abordada. “Na hora que eu fui atravessar a rua perto do viaduto, parou um carro perto de mim, desceu três pessoas, dois eram chineses”, disse neste sábado. Ela havia contado ainda que foi ameaçada, e o menino, levado.

publicidade:

Entretanto, com base nas apurações, a polícia afirma que a jovem entrou em contato com um casal via internet e combinou a entrega do filho. No início da noite, Renata era ouvida e a expectativa é que ela fosse liberada. A polícia mineira ainda não esclareceu se a criança foi doada ou vendida. Segundo o delegado Gomes, ela confessou ter entregado o bebê e demonstrou, em certos momentos, arrependimento.

publicidade:

Nesta segunda-feira, o pai contou ao G1 que uma ligação de telefone indicava que o bebê estaria na casa de uma mulher no Rio de Janeiro. De acordo com o delegado Bruno Wink, o bebê foi encontrado com dois jovens, no bairro Vila Valqueire. Ainda de acordo com Wink, o casal está detido.

Deixe uma resposta